Nunca pensei que ao chegar de Beirut fosse ter uma grande dificuldade à minha espera: expor em poucas palavras o quão maravilhada estava por aquela cidade. Da melhor comida que já provei à hospitalidade genuína da população, do clima ótimo ao fervilhar da energia que existe por todo o lado. Ainda não consigo resumir em poucas palavras a minha primeira experiência no médio oriente. Mas e então, não é perigoso visitar o Líbano? Guess what: Beirut, é um dos locais mais seguros do médio oriente. Apesar dos rumores de instabilidade política, o Líbano está mais seguro do que nunca! Sendo um país com uma multi culturalidade incrível – talvez a mais diversificada do planeta. É um dos países mais liberais do médio oriente – vende-se álcool em todo o lado e pode beber-se na rua. É aqui que moram a melhor comida e as melhores festas. A taxa de crimes e sequestros é quase nula. Não há roubos nem violência. É seguro andar-se sozinho na rua, mesmo sendo mulher. Isto, claro, não significa que podes andar desprevenido e ir para qualquer lado. São de evitar algumas zonas como a parte noroeste do país.
Fiquei apaixonada por Beirut pela sua incrível diversidade, por causa História rica e contrastante, por ser composto de dezenas de distritos, cada um único à sua maneira, de tal forma que a cada vez que se passa de um para o outro, se tem a sensação de ter mudado de cidade. Aqui, podes esquiar e ir à praia no mesmo dia! Quão incrível isto é? Das festas mais underground aos clubs mais selectivos, dos restaurantes locais aos melhores restaurantes da região. Beirut é uma cidade que se adapta a qualquer tipo de turista.

Se as palavras não forem suficientes, explico-te em fotos, porque é que tens MESMO que pôr Beirut na tua bucket list!


I never thought I would have a very serious problem waiting for me upon my arrival from Beirut: to explain  to my friends and family, in a few words, how great Beirut. Starting with the best food I’ve ever tasted to the genuine hospitality, from the great atmosphere to the coolest energy you can feel everywhere. I still cannot summarize in a few words my first experience in the Middle East. But, isn’t it dangerous to visit Lebanon? Guess what: Beirut is one of the safest places in the Middle East! Despite rumors of political instability, Lebanon is safer than ever! It’s a country with an incredible multi-culturality – perhaps the most diverse on the planet. It’s one of the most liberal countries of the Middle East – alcohol is sold everywhere and can be drunk on the streets. You will find the best food there! The crime rate and kidnappings are almost null. There’s no robbery or violence. It’s safe to walk alone on the street, even for women. This, of course, doesn’t mean you can go anywhere. Some areas like such as the northwestern part of the country should be avoided. I fell in love with Beirut because of its incredible diversity, because of its rich and contrasting history, because it’s made up of dozens of districts, each unique in its own way, so that every time you go from one to the other, you have the feeling of having changed of city. Here, you can ski and go to the beach the same day! How incredible is this? From underground parties to more selective clubs, from local restaurants to the most refined ones. Beirut is a city that fits any type of tourist.

Leave a Reply