Ali, na praça Jemaa el-Fna, fazia-se ouvir o sinal da oração. Por entre ruas estreitas e cheias de gente, o cheiro a especiarias, as peles e os tapetes de mil cores pendurados, as louças feitas à mão e os candeeiros de tantas luzes. A agitação do dia não se acalma na penumbra que se instala na cidade. A brisa fresca que encontra a pele quente do dia de sol pede um abrigo. Uma porta escondida numa ruela apertada abre-se para um mundo aparte – espaços amplos que nos levam a um terraço luxuoso digno de filme. Visitámos vários por estes dias. Um país de contrastes. De cores, cheiros, pessoas e sabores. Um país árabe, a um saltinho da europa que oferece praia, deserto e montanha e que está pronto para receber e agradar a todos os gostos, se quiseres ser agradado 🙂


There, in Jemaa el-Fna square, we heard the sound of the prayer. Through the crowded and narrow streets, the smell of spices, the furs and rugs of a thousand colors, the handmade dishes and the lamps of so many lights. The bustle of the day doesn’t calm down with the sunset lights. A door hidden in a narrow street opens into a world apart – large spaces that lead us to a luxurious movie-terrace. We have visited several these days. A country of contrasts. Of colors, of smells, of people and of flavors. An Arabic country, a short hop from Europe that offers beach, desert and mountain and that is ready to receive and please all tastes, if you want to be pleased 🙂

ANTES DE VISITAR/BEFORE YOU GO

A maioria dos passaportes europeus (Portugal incluído) não precisa de visa. À chegada, recebes um visto válido por 90 dias. De momento, vacinas não são necessárias.


Most European passports don’t need a visa. Upon arrival you’ll receive a 90-day visa. At the moment, vaccines are not necessary.

MOEDA/CURRENCY

Antes de viajares, deves avisar o teu banco da tua deslocação – isto é válido para todas as viagens que faças. Eu faço-o sempre.

A maioria dos estabelecimentos em Marrocos só aceita dinheiro. De qualquer forma, para não pagar taxas adicionais, costumo levantar dinheiro no ATM do aeroporto, à chegada.


Before you travel, you must notify your bank – this applies, of course, whenever you travel. I always do it. Most establishments in Morocco only accept cash. However, in order not to pay additional fees, I usually withdraw money at the airport ATM upon arrival.

QUANTO TEMPO FICAR/HOW LONG TO STAY

Para Marrakesh, 4 dias são suficientes. Tínhamos como planos passar dois dias e uma noite no deserto (seria o ponto alto da viagem) mas houve um problema com o nosso voo e já não foi possível. Se quiseres visitar outras cidades para além desta, aconselho mais tempo, claro 🙂 Mas acho que dois dias completos em cada cidade que visitas são sempre obrigatórios.


To visit Marrakesh, 4 days are enough. We had plans to spend two days and one night in the desert (it would be the highlight of this trip) but there was a problem with our flight and it was no longer possible to arrive on time to spend the days on the desert. If you want to visit cities other than this one, I advise you longer. But I think two full days in each city you visit there are  a must.


QUANDO VISITAR/WHEN TO VISIT

Dizem que as melhores alturas são os meses de Maio e Outubro porque as temperatura são amenas. Mas à partida, qualquer época do ano é boa para visitar, à excepção do pico do calor do verão.

Marrocos é um país muçulmano, portanto, deves ter em atenção o calendário de feriados muçulmano para não correres o risco de visitares o país numa altura em que a maioria dos espaços esteja encerrada.


They say the best time to visit  is May and October because of the chill weather. But normally, any time of year is good to visit, except for the peak summer heat. Morocco is a Muslim country, so you should pay attention to the Muslim holiday calendar so you don’t risk visiting the country at a time when most of the spaces are closed.

ONDE FICAR

Existem grandes hotéis em Marrocos, mas acho que uma das melhores formas de viver a experiência ao máximo, é ficar num riad. Os riads são uma espécie de hotel boutique/pensão, arquitetonicamente construídos em torno de um pátio comum. Existem bastantes em Marrakesh. Nós ficámos no Hotel & Spa Riad El Walaa e gostámos bastante. O pequeno almoço era ótimo, variava todos os dias e era servido no terraço. Os quartos eram bem limpos, enormes e muito confortáveis, super estilo marroquino 🙂


There are fantastic hotels in Morocco, but I think one of the best ways to live the experience to the fullest is to stay in a riad. The riads are a sort of boutique/hotel, architecturally built around a common courtyard. There are plenty in Marrakesh. We stayed at Riad El Walaa Hotel & Spa and really enjoyed it. Breakfast was great, varied every day and served on the terrace. The rooms were very clean, huge and very comfortable, super moroccan style 🙂

O QUE NÃO PODES PERDER/MUST VISIT

– Medina de Marrakesh

– Praça Jemaa el-Fna

– Jardim Majorelle e Museu Yves Saint Laurent

– Palácio da Bahia

ONDE COMER/WHERE TO EAT

– La Mamounia

– Comptoir Darna

– Nomad

– La Maison Arabe

MELHORES ROOFTOPS PARA POR DO SOL/WHERE TO WATCH THE SUNSET

– Café des Épices

– El Fenn Hotel

– Nomad

Get some travel inspo on my post here! 🙂

Leave a Reply