O céu mais estrelado que já vi. A cor da água do mar mais surreal em que nadei. As pessoas mais descontraídas que conheci. O lugar mais intocável e menos lotado que visitei. As Seychelles são, até hoje, a minha definição de paz na Terra. Há uma simbiose inspiradora entre os habitantes das ilhas e o meio ambiente. Um respeito e cuidado pela natureza com o qual nunca tinha contactado noutro lugar. Sinto-me muito privilegiada por ter tido a oportunidade de viajar e conhecer aquele país.


The most starry sky I’ve ever seen. The most beautiful water I’ve ever swamped. The most laid back and easy going people I’ve ever met. The most untouchable and less crowded place I’ve ever visited. The Seychelles are, nowadays, my definition of peace on Earth. There’s an inspiring symbiosis between the islanders and the environment. A respect and take care of the mother nature as I had never contacted with. I feel so grateful to have had the opportunity to travel and to know a country like this one.

QUANDO IR/WHEN TO GO

O sol brilha durante todo o ano. Abril, Maio, Outubro e Novembro são os meses que oferecem condições mais amenas, ideias para praia, observação da vida selvagem e mergulho. Ao visitar as ilhas nesta altura vais poder contornar as multidões de turistas dos meses de Julho, Agosto, Dezembro e Janeiro. Viajei para lá em Novembro. Dias antes assustei-me quando vi as previsões da meteorologia: 90 a 100% de chuva para todos os dias!! Se te acontecer o mesmo, nada de pânico. Chove durante uma ou duas horas e, de repente, o sol abrasador está de volta. By the way, nunca senti um sol tão forte como nas Seychelles. É como se ele estivesse a 2cm da tua cabeça…


The sun shines all year round. April, May, October and November are the months that offer the best conditions, great to beaching, wildlife watching and scuba diving. When visiting the islands at this time you will be able to avoid the crowds from the months of July, August, December and January. I traveled there in November. Days before I was scared when I saw the weather forecasts: 90 to 100% rain for every day!! If the same thing happens to you, no panic. It rains for an hour or two , and suddenly the scorching sun is back. By the way, I have never felt a sun as strong as in the Seychelles. It’s like he’s two inches from your head…

SEGURANÇA/SAFETY

Senti-me sempre super segura enquanto lá estive. As ilhas são muito visitadas por turistas e a maioria dos habitantes vive do turismo, pelo que vão fazer de tudo para que te sintas em casa e queiras voltar. Claro que para nós, europeus, é difícil deixar tudo na toalha e ir para o mar sem preocupação. Mas foi isso que tentamos fazer e não houve problema. De qualquer forma, convém não andar com objectos de muito valor contigo.


I always felt super safe while I was there. The islands are very visited by tourists and the majority of the natives live of tourism, reason why they will do everything to make you feel at home, wanting to return. Of course for us, Europeans, it is difficult to leave everything in the towel and go to sea without worry. But that’s what we tried to do and we had no problem. In any case, it’s better take valuable stuff with you.

COMO CHEGAR/GETTING THERE

Este arquipélago está localizado no Oceano Índico, na África Oriental, pelo que a forma mais prática e segura de lá chegar é de avião. A ilha de Mahé, onde fica localizada a capital da República das Seychelles, é a única com aeroporto internacional, embora outras ilhas também tenham aeroporto. Existem várias companhias que voam para lá e depois existe a Air Seychelles que é uma empresa de aviões de pequeno porte que fazem conexão com outras ilhas – Praslin é um exemplo. Apesar de haver várias ligações por dia, assegura-te de que as marcas com antecedência para evitar esperas no aeroporto.

Em Mahé, como na maioria das ilhas turísticas, podes alugar uma bicicleta ou um carro. O serviço de autocarros tem uma frequência regular em Mahé e Praslin, durante toda a semana, a partir das primeiras horas da manhã ate às 21h.


This archipelago is located in the Indian Ocean, East Africa, so the most practical and safe way to get there is by plane. The island of Mahé, where the capital of the Republic of the Seychelles is located, is the only island with international airport, although other islands also have airport. There are several companies flying there and then there’s Air Seychelles which is a small aircraft company that connect to other islands – Praslin is an example. Although there are several connections a day, make sure you book them in advance to avoid waiting times at the airport. In Mahé, as in most of the tourist islands, you can rent a bicycle or a car. The bus service runs regularly in Mahé and Praslin, throughout the week, from the early hours of the morning until 9pm.

QUE ILHAS VISITAR/BEST ISLANDS TO VISIT

Seychelles compreende 115 ilhas. Concentrando-nos nas três principais, que têm ligação por ferry e voos  sem logísticas complicadas, Mahé, Praslin e La Digue

The Seychelles is compounded by 115 islands, which are connected by ferry and uncomplicated logistical flights, Mahé, Praslin and La Digue.

Source: https://www.seychellesbookings.com/

O MEU ITENERÁRIO/MY INTENERARY

Voei de Paris para Mahé com a Turkish Airlines, com escala de 3 horas em Istambul. Cheguei a Mahé de manhã e fiz logo de seguida o voo de ligação para Praslin (20 minutos) – onde fiquei durante 5 noites. Num dos dias em Praslin, apanhei o ferry de manhã cedo para La Digue, onde passei um dia. No sexto dia em Praslin, voltei para Mahé (ligação aérea), onde fiquei por mais 5 noites.


I flew from Paris to Mahé with Turkish Airlines, with a 3 hour stopover in Istanbul. I arrived in Mahé in the morning and immediately made the connecting flight to Praslin (20 minutes) – where I stayed for 5 nights. On one of the days in Praslin, I took the ferry early in the morning to La Digue, where I spent one day. On the sixth day in Praslin, I returned to Mahé (airline), where I stayed for another 5 nights.

Join the discussion One Comment

Leave a Reply