Em Junho, tive a oportunidade de ficar 3 noites no coração de Beirut, num dos hotéis mais icónicos da cidade. Uma viagem de 15 min desde o aeroporto leva-nos a Madame Curie Street, onde fica o Le Bristol Hotel. Aqui já pernoitaram ilustres convidados como Albert II, do Mónaco, Jacques Chirac, antigo presidente francês e a princesa Dina bint ‘Abdu’l-Hamid da Jordânia, entre muitos outros. Rapidamente tive a confirmação da fama do povo libanês: que é um povo que sabe receber. Senti que tinha chegado a casa. 


In June, I had the opportunity to stay 3 nights in the heart of Beirut, at one of the most iconic hotels in the city. A 15-minute drive from the airport takes us to Madame Curie Street, where the Le Bristol Hotel is located. The Hotel hosted some of the most distinguished people such as Albert II of Monaco, Jacques Chirac, former French president and Princess Dina bint ‘Abdu’l-Hamid of Jordan, among many others. I quickly had confirmation of what I had already heard saying about Lebanese people: they really know how to receive. I instantly felt I was at home.

Classicamente elegante e luxuoso, o Le Bristol Hotel é a personalização do refinamento intemporal, com o twist de modernidade e actualização a que os dias de hoje obrigam. O interior do hotel foi projetado pelo famoso decorador francês Jean Royère e foi atualizado em 2015 por Galal Mahmoud. O hotel tem 157 quartos, incluindo suítes, piscina, lounge oriental e restaurantes. Após a renovação em 2015, os quartos foram projetados para representar a história do design libanês.


Classically elegant and luxurious, Le Bristol Hotel is the personalization of timeless refinement, with a twist of modernity. The interior of the hotel was designed by the famous French decorator Jean Royère and was updated in 2015 by Galal Mahmoud. The hotel has 157 rooms including suites, swimming pool, oriental lounge and restaurants. After the renovation in 2015, the rooms were designed to represent the history of Lebanese design.

Se ficares neste hotel, aconselho que faças o upgrade para o Hipster Floor. Localizado no terceiro andar, combina o estilo clássico com o moderno. Nas paredes, grafittis, frases que te levantam a moral,  fotografias tiradas em várias cidades do mundo. Tudo numa miscelânea cool, única e moderna, sem deixar a classe de lado. Há um pequeno lounge com sofás, comida e bebida (cortesia) disponíveis a qualquer altura do dia. Existe, ainda trotinetes eléctricas espalhadas pelo corredor deste andar, que podem ser usadas fora do hotel, para conhecer a cidade.


If you stay at this hotel, I suggest you upgrade to the Hipster Floor. Located on the third floor, it combines classic and modern style. On the walls, graffiti, phrases that raise your mood, photos taken in several cities of the world. Everything in a cool, unique and modern mix, without leaving the class aside. There’s a small lounge with sofas, food and drink (complimentary) available anytime of the day. There are even electric scooters scattered along the corridor of this floor, which can be used outside the hotel to get to know the city.

Na recepção foi-nos comunicado que íamos ficar na suite diplomática. Percebemos a razão para esta designação assim que o camareiro nos abriu a porta do quarto. Moderna e espaçosa, com cama king-size, área de estar, closet e duas casas de banho. (podes consultar os highlights do meu instagram para ver os vídeos)


At the reception we were informed that we were staying at the diplomatic suite. We understood the reason for this designation as soon as the chamberlain opened the door to our room. Modern and spacious with king-size bed, sitting area, walk-in closet and two bathrooms. (you can check my instagram highlights to see the videos)

Sou daquelas pessoas que precisam de um bom pequeno almoço de manhã cedo. Só a partir daí começa o meu dia. Razão pela qual, este é um dos requisitos que mais tenho em conta quando escolho um hotel. E o que dizer do pequeno-almoço do Le Bristol? De ir aos céus. Super variado e completo, sem descurar o pequeno pormenor. Não é à toa que este hotel é conhecido pela sua cozinha e pastelaria. O Les Gourmandises, afiliado ao hotel, serve doces e confeitaria. O próprio hotel oferece serviços de catering de alta qualidade. 


I’m one of those people who needs a good breakfast early in the morning. My day will only start after that.  Which is why this is one of the requirements that I take into account when choosing an hotel. What to say about Le Bristol’s breakfast? Heaven. Super varied and complete, without neglecting the small details. In fact, this hotel is known for its cuisine and pastries. Les Gourmandises, affiliated with the hotel, serves sweets and pastries. The hotel itself offers high quality catering services.

A nossa viagem a Beirut tinha o propósito de aproveitar um fim de semana prolongado. Não no sentido de visitar todos os pontos turísticos de lés a lés, mas de desfrutar do sol, bom tempo, viver a cidade, conhecer os costumes, provar a comida e sentir energia da capital libanesa. Sem horários, sem destino, nem compromisso. Ao final da tarde, íamos para o rooftop do hotel, na ânsia da água da piscina para refrescar do dia bem passado.


We went to Beirut to enjoy a long weekend. Not in the sense of visiting all the tourist sights, but to enjoy the sun, good weather, live the city, know the customs, taste the food and feel the energy of the Lebanese capital. No schedules, no destination, no commitment. At the end of the afternoon, we rested a little bit on the rooftop of the hotel, diving at the pool to quick refresh before dinner. 

Beirut ficou na lista das cidades a re-visitar. Ninguém fica indiferente à energia daquela cidade, à simpatia das pessoas, às mesas cheias de boa comida, à arte de bem receber. Acredito que, por onde quer que andemos, deixamos um bocadinho de nós e levamos connosco outro bocadinho do lugar. Esta viagem foi uma das maiores surpresas, e mal posso esperar por voltar. Até breve, Beirut!


Beirut got straight to my list of cities to re-visit. No one gets indifferent to the energy of that city, the sympathy of the people, the tables full of good food and their art of good welcoming. I believe that, wherever you go, you leave a little bit of yourself and take with you another bit of the place. This trip was one of the biggest surprises, and I cannot wait to go back. See you soon, Beirut!

*Complimentary stay*

Thanks to Le Bristol Beirut for hosting me during my stay. Thoughts and opinions expressed are entirely my own.

Author Sara

More posts by Sara

Join the discussion One Comment

  • […] Há uma grande variedade de hotéis, para todo o tipo de bolsos. Eu fiquei hospedada no Le Bristol Hotel Beirut e recomendo a qualquer pessoa que visite a cidade. O staff super acolhedor, a comida ótima, a melhor cama de hotel em que já dormi e o quarto mais cool de sempre. Sem dúvida que voltarei a escolhê-lo para uma próxima visita a esta cidade. (lê mais sobre a minha estadia neste hotel aqui) […]

Leave a Reply